O QUE É UM PROBLEMA?

Prof. Antônio de Oliveira Em O retorno do jovem príncipe, de A.G. Roemmers, à semelhança d’O pequeno príncipe, a conversa gira em torno de indagações, sendo a primeira delas:– O que é um problema? Faço uma pausa. Instintivamente, fecho meu Kindle. E eis que me ponho a pensar… E o problema é: O que é […]

MAIORAIS DA CRÔNICA

Prof. Antônio de Oliveira Fala-se em maiorais do samba, maiorais disso e daquilo… O gênero “crônica” preenche espaço já no Antigo Testamento. Em O Nascimento da Crônica, Machado de Assis diz que houve crônicas antes de Esdras. antes de Moisés, antes de Abraão, Isaque e Jacó, antes mesmo de Noé. Mas não vamos tão longe […]

O CRONISTA DEVE SABER MANEJAR AS PALAVRAS

O cronista é mesmo um escrevinhador do tipo oleiro. Um ludoterapeuta de palavras. Sim, a comparação faz sentido. O resultado de modelagens com as palavras pode resultar numa obra de arte. Embora alguns achem que a crônica seja um gênero literário menor. Puxando a brasa para a minha sardinha, digo: Ledo engano! Grandes escritores e […]

VIDA, DESAFIO CONSTANTE

Prof. Antônio de Oliveira Quando preenchemos uma ficha de check-in num hotel, no item nacionalidade, entendemos tratar-se do país de nascimento, terra natal, pátria. Em latim, “terra patrum” significa terra mãe, território dos pais. Quando alguém morre, não raro se ouve dizer: – Foi juntar-se aos seus! Em latim, foi “ad patres”. Al di là… […]

A CAMINHO DE EMAÚS

Hoje resolvi revisitar uma página, em francês, de François Mauriac. Não para fazer uma tradução ao pé da letra, tampouco um plágio, mas para fazer uma releitura pessoal a partir do texto desse notável escritor. Aos cristãos não nos é estranho o encontro de Jesus com dois discípulos que caminhavam, desiludidos após a morte do […]

PONTO E VÍRGULA

O uso correto da vírgula [,] é difícil; já o do ponto e vírgula [;] … Luiz Fernando Veríssimo declarou que jamais havia usado um ponto e vírgula e que esse nunca lhe fizera falta. Usá-lo é um sinal, além de pontuação, de refinamento, encantamento, glamour. Lê-se, em Mário Quintana: “Que moça culta a Maria […]

“BOOKS FOR A CHANGE”

Beatriz, minha neta, mora nos Estados Unidos. Há poucos anos ela veio ao Brasil e, em Campinas, na companhia da avó materna foi a uma creche levando presentes de aniversário que o irmãozinho havia ganhado. Acostumada em San Diego a devorar livros, percebeu que a creche não dispunha de livros infantis para elas folhearem e […]

MORRO DE AMORES PELO MEU PAÍS?

Conde Afonso Celso, publicou, em 1900, o livro Por que Me Ufano do meu País. Popularizou-se o termo ufanismo, atitude, posição ou sentimento dos que, influenciados pelo potencial das riquezas brasileiras, pelas belezas naturais do País, além de outros motivos, dele se vangloriam desmedidamente. Falar nesse ufanismo, hoje em dia, parece totalmente fora de moda. […]

NO PRINCÍPIO…

Onde tudo começa. Diz Mia Couto “que é verdade: não somos nós que estamos a andar. É a estrada”. “The grand adventure is about to begin…” A vida é feita de degraus alcançados e de graus conquistados. Princípio do Evangelho de São João: No princípio era o Verbo. Sem dúvida, no princípio do Novo Testamento, […]

Invejoso, Eu?

Inveja. Do latim, invidia. Desagrado pelo talento ou sorte de outrem. Sentimo-nos infelizes com o sucesso alheio e somos tomados pelo desejo ardente de usurpá-lo. A palavra significa também o objeto da inveja: “Era ele a inveja dos outros passistas, pela agilidade e elegância dos gestos.” Diz-se também da admiração: Jorge Amado tem sido alvo […]